Sexta, 27 de Maio de 2022
34°

Pancada de chuva

Barreirinha - AM

Dólar
R$ 4,74
Euro
R$ 5,08
Peso Arg.
R$ 0,04
Segurança Ficou famoso

Ex-morador de rua pode ser processado por crime de estupro

A vida de Givaldo mudou da água para o vinho e ele saiu da situação de rua para uma vida de luxuria e glamour. Foi visto, inclusive, dirigindo um carro importando que custa meio milhão de reais. Também ganhou um apartamento de frente para a praia no Rio de Janeiro.

05/05/2022 às 13h46
Por: Redação Fonte: Pleno News
Compartilhe:
Givaldo Alves será processado por estupro de vulnerável. | Reprodução/Metrópoles
Givaldo Alves será processado por estupro de vulnerável. | Reprodução/Metrópoles

A fase de gozar uma vida de "glória" pode estar próxima a ter um desfecho não tão bom assim para o ex-morador de rua Givaldo Alves, que se tornou uma sub-celebridade depois de ter relações sexuais com a esposa de um personal trainer e ser espancado por ele. O caso aconteceu em março deste ano, no Distrito Federal, e foi parar na polícia.

O então morador de rua foi hospitalizado e ao ter alta médica concedeu entrevistas nas quais contou detalhes sobre o que rolou. Antes mesmo de sair do hospital, ele já era um meme e tido como um famoso na internet.

A vida de Givaldo mudou da água para o vinho e ele saiu da situação de rua para uma vida de luxuria e glamour. Foi visto, inclusive, dirigindo um carro importando que custa meio milhão de reais. Também ganhou um apartamento de frente para a praia no Rio de Janeiro.

A mulher do personal, Sandra Fernandes, teria sofrido um surto psicótico e também foi internada. Está em tratamento. Semana passada se pronunciou publicamente sobre o episódio e anunciou que iria procurar por Justiça, uma vez que foi humilhada e vítima de piadas.

Na última terça-feira (3), Givaldo Alves teve de comparecer a uma delegacia da Polícia Civil para prestar depoimento. O inquérito, desta vez, não teve relação ao das agressões que sofreu por parte do personal trainer, no qual teria sido vítima de lesões corporais.

O ex-morador de rua tomou conhecimento de que agora ele está numa investigação em que deixa de ser vítima. Ele está sendo processado por suspeita de crime de estupro de vulnerável. Sandra passou a ser considerada vulnerável após um laudo médico apontar que ela apresenta sinais de “transtorno afetivo bipolar em fase maníaca psicótica”.

No episódio com o ex-sem teto, ela estaria em surto psicótico. A promotora de Justiça comunicou que ele está proibido de falar o nome de Sandra Fernandes, por ordem judicial.

A defesa de Givaldo alega que ele também encontra-se na posição de vítima, pois foi fortemente agredido pelo personal, precisando ser hospitalizado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Famosos
Famosos
Sobre Tudo sobre o mundo dos famosos em um só lugar!
Barreirinha - AM Atualizado às 16h43 - Fonte: ClimaTempo
34°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 34°

Sáb 34°C 23°C
Dom 32°C 23°C
Seg 33°C 24°C
Ter 31°C 23°C
Qua 33°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias