Sexta, 24 de Junho de 2022
29°

Poucas nuvens

Barreirinha - AM

Dólar
R$ 5,24
Euro
R$ 5,53
Peso Arg.
R$ 0,04
Segurança Crime

PC-AM prende individuo pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra própria neta

O crime de estupro de vulnerável foi cometido contra sua neta, uma criança de 3 anos de idade. A prisão ocorreu na residência do infrator

20/04/2022 às 16h17 Atualizada em 20/04/2022 às 16h18
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (20/04), por volta das 7h30, ação policial que resultou no cumprimento de mandado de prisão preventiva em nome de um individuo de 60 anos, pelo crime de estupro de vulnerável, cometido contra sua neta, uma criança de 3 anos de idade. A prisão ocorreu na residência do infrator, localizada no bairro Puraquequara, zona leste da capital.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da unidade especializada, as equipes tomaram conhecimento sobre o caso no dia 6 de abril deste ano, ocasião em que a mãe da vítima compareceu à delegacia para realizar uma denúncia a respeito da prática criminosa.

“A genitora informou que, no dia 4 daquele mesmo mês, a criança havia dito aos tios que seu avô teria passado a mão em suas partes íntimas e que, possivelmente, o mesmo teria praticado um abuso contra ela. A vítima foi levada à uma unidade hospitalar, onde foi verificada a veracidade do fato, ao ser constatada lesões em suas partes intimas”, explicou a delegada.

Ainda de acordo com a autoridade policial, em seguida, a mulher foi conduzida até à Especializada, onde registrou o Boletim de Ocorrência (BO) e a criança foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), onde foi confirmado o abuso sexual.

“Após a confirmação do crime, a vítima participou da escuta especializada e verbalizou através de brinquedos e atividades lúdicas, que seu avô seria o autor da violência sexual. Com base nisso, solicitamos a prisão preventiva do autor, tendo sido esta expedida no dia 19 de abril de 2022, pela juíza Suzi Irlanda Araújo Granja da Silva, do Plantão Criminal, que foi cumprida no dia de hoje”, informou Joyce.

Procedimentos

O indivíduo responderá pelo crime de estupro de vulnerável e ficará disposição da Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias