Sábado, 23 de Outubro de 2021
25°

Pancada de chuva

Barreirinha - AM

Geral Amazonas

Internos das unidades prisionais do Amazonas realizam prova do Encceja PPL 2020

14/10/2021 às 14h15
Por: Redação Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

Avaliação proporciona aos detentos a oportunidade de finalizar o ensino regular e remir suas penas

Os reeducandos do sistema prisional do Amazonas puderam realizar, nesta semana, as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL) 2020. O exame foi aplicado nas próprias unidades prisionais do Estado e teve a supervisão da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio da Escola de Administração Penitenciária (Esap), e das empresas terceirizadas.

Cerca de 547 reeducandos que participam do programa de ressocialização “Conhecimento que Liberta”, entre homens e mulheres, foram inscritos no Encceja PPL desta edição. Desse total, 429 são de unidades prisionais da capital e 118 pertencem ao interior. A prova teve início na quarta-feira (13/10), com a aplicação para os detentos inscritos na categoria que visa regularizar o Ensino Fundamental, e termina nesta quinta (14/10), com a avaliação dos internos que desejam obter o certificado de conclusão do Ensino Médio.

O exame realizado com os internos é composto por quatro provas objetivas, cada uma contendo 30 questões de múltipla escolha e uma redação. Para os detentos do Ensino Fundamental, a avaliação contou com questões relacionadas às áreas de Ciências Naturais, Matemática, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, História e Geografia.

Já para os do Ensino Médio, a avaliação teve questões sobre Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Para serem aprovados e receberem a certificação, os reeducandos participantes devem atingir pelo menos 100 pontos nas provas objetivas e cinco pontos na redação. De acordo com a diretora da Esap, Sônia Cabral, a aprovação é a chance dos custodiados iniciarem os seus respectivos processos de ressocialização por meio do estudo.

“É importantíssimo que os privados de liberdade tenham essa oportunidade, pois a grande maioria chega ao sistema prisional sem estar com o ensino regular completo. Com a aprovação, esses internos podem garantir o seu certificado de conclusão do ensino básico Fundamental ou Médio e podem dar um passo a mais rumo à mudança de vida que tanto desejam”, ressaltou a diretora.

Encceja PPL

As provas do Encceja PPL 2020 foram realizadas em 2021 por conta da incidência de casos de Covid-19 no ano passado. A avaliação tem o mesmo nível de dificuldade do Encceja regular. A aprovação, além de ser uma das formas do reeducando possuir o certificado de conclusão do ensino regular e obter a remissão de pena pelo estudo, conforme Lei de Execução Penal (LEP), é também uma das principais vias dele rumo ao Ensino Superior, que hoje é ofertado dentro do sistema prisional do Amazonas via ensino a distância (EaD).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias