Segunda, 27 de Setembro de 2021
28°

Poucas nuvens

Barreirinha - AM

Geral Amazonas

Wilson Lima agradece apoio do Exército no enfrentamento da pandemia de Covid-19

General Achilles Furlan Neto assume o comando do CMA, substituindo o general Estevam Theophilo. Sonelidade ocorreu neste dia 10

10/09/2021 às 16h30
Por: Redação Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Governador Wilson Lima e general Furlan. Foto: Arthur Castro/Secom
Governador Wilson Lima e general Furlan. Foto: Arthur Castro/Secom

O governador Wilson Lima destacou a parceria com o Exército Brasileiro para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Amazonas, nesta sexta-feira (10/09), durante a solenidade de passagem de comando do Comando Militar da Amazônia (CMA), na zona oeste de Manaus.

Deixa o posto de comandante do CMA o general Estevam Theophilo. O sucessor é o general Achilles Furlan Neto.

“O general Teophilo representou muito bem o trabalho que esses homens e mulheres desenvolvem na Amazônia, principalmente ali na área de fronteira, onde nós temos os pelotões de fronteira. Durante a pandemia foi um parceiro muito importante”, disse o governador.

Wison Lima destacou que, em parceria com o 9º Distrito Naval, o CMA tem atuado diretamente na vacinação contra a Covid-19. Homens e mulheres das Forças Armadas atuam em postos de imunização aplicando as doses da vacina. E, no auge do segundo pico da pandemia, o Exército também auxiliou no transporte de oxigênio para abastecer unidades de saúde.

“Quero dar as boas vindas ao general Furlan, que já conhece a nossa região e é alguém que vem para somar esforços junto ao Governo do Estado e Prefeitura de Manaus e outras instituições. Ninguém conhece a Amazônia melhor que o Exército, então é muito importante essa presença e a continuidade dessa parceria que é feita com o povo do Amazonas”, disse o governador sobre o novo comandante do CMA.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias